domingo, 12 de janeiro de 2014

NOMEAÇÃO DE 19 NOVOS CARDEAIS PELO PAPA FRANCISCO

O Papa durante o Angelus, neste domingo (12), no Vaticano. Foto: G1

Durante a cerimônia do Angelus, na Praça de São Pedro, no Vaticano, Francisco anunciou que vai nomear 19 novos cardeais em 22 de fevereiro, no primeiro consistório (reunião de cardeais) de seu pontificado.

Os novos cardeais são dos seguintes países, além do Brasil: Itália, Alemanha, Reino Unido, Nicarágua, Canadá, Costa do Marfim, Argentina, Coreia do Sul, Chile, Burkina Faso, Filipinas, Haiti, Espanha e Santa Lúcia. É a primeira lista de nomeados ao Colégio Cardinalício feita por Francisco em quase um ano de pontificado. Dos 19 anunciados, 16 têm menos de 80 anos e poderão votar no Conclave que elegerá o sucessor do atual Papa.

Leia a relação dos novos cardeais eleitores anunciados pelo Papa neste domingo:
1 – Mons. Pietro Parolin, arcebispo titular de Acquapendente, Itália, secretário de Estado.
2 – Mons. Lorenzo Baldisseri, arcebispo titular de Diocleziana, Itália, secretário geral do Sínodo dos Bispos.
3 - Mons. Gerhard Ludwig Műller, arcebispo-bispo emérito de Regensburg, Alemanha, prefeito da congregação da doutrina da fé.
4 – Mons. Beniamino Stella, arcebispo titular de Midila, Itália, prefeito da Congregação para o Clero.
5 – Mons. Vincent Nichols, arcebispo de Westminster, Grã-Bretanha.
6 – Mons. Leopoldo José Brenes Solórzano, arcebispo de Manágua, na Nicarágua.
7 – Mons. Gérald Cyprien Lacroix, arcebispo de Québec, no Canadá.
8 – Mons. Jean-Pierre Kutwa, arcebispo de Abidjan, na Costa do Marfim.
9 – Mons. Orani João Tempesta, arcebispo do Rio de Janeiro, Brasil.
10 – Mons. Gualtiero Bassetti, arcebispo de Perugia-Città della Pieve, Itália.
11 – Mons. Mario Aurelio Poli, arcebispo de Buenos Aires, na Argentina.
12 – Mons. Andrew Yeom Soo jung, arcebispo de Seul, na Coreia do Sul.
13 – Mons. Ricardo Ezzati Andrello, aecebispo de Santiago do Chile.
14 – Mons. Philippe Nakellentuba Ouédraogo, arcebispo de Ouagadougou, Burkina Faso.
15 – Mons. Orlando B. Quevedo, arcebispo de Cotabato, nas Filipinas.
16 – Mons. Chibly Langlois, bispo de Les Cayes, no Haiti.

Os três não-eleitores são:
17 – Mons. Loris Francesco Capovilla, arcebispo titular de Mesembria, Itália.
18 – Mons. Fernando Sebastián Aguilar, arcebispo emérito de Pamplona, Espanha.
19 – Mons. Kelvin Edward Felix, arcebispo emérito de Castries, Santa Lúcia.

Foto: G1
Dom Orani João Tempesta
IDADE 63 anos
CARGO Arcebispo do Rio de Janeiro (RJ)
LEMA De modo que todos sejam um
CARREIRA *ordenado padre em 1974;
* nomeado bispo de São José do Rio Preto em 1997;
* tornou-se arcebispo de Belém (PA) em 2004;
* nomeado arcebispo do Rio de Janeiro (RJ) em 2009.



Após anunciar o nome do brasileiro Dom Orani, diante da multidão reunida na Praça, Francisco parou a leitura e fez um comentário: "São tantos brasileiros, não?" (fazendo referência aos atuais 9 cardeais brasileiros, quatro eleitores (Dom Raymundo Damasceno Assis, Dom João Braz de Aviz, Dom Cláudio Hummes e Dom Odilo Pedro Scherer) e cinco não-eleitores (Dom Geraldo Majella Agnelo, Dom Serafim Fernandes de Araújo, Dom Paulo Evaristo Arns, Dom José Freire Falcão e Dom Eusébio Oscar Scheid)).

Fonte: G1 (g1.globo.com)

0 comentários:

Postar um comentário